terça-feira, 5 de abril de 2011

O Predador

"A maior pena que eu tenho,
punhal de prata,
não é de me ver morrendo,
mas de saber quem me mata."

Cecília Meireles



Ele chegou com sua simpatia, companheirismo, amizade, sorrisos e por vezes alguma grosseria e até falta de educação.
Como se estivesse em plena Flortesta Amazônica, selvagem e dócil se aproveitou da presa vulnerável, bem a sua frente e ao seu alcance.
A presa, naquela confusa situação até pensou que havia mudado de posição na hierarquia passando de caçada à caçadora.
Engano seu. Ela não passava de apenas mais uma entre tantas que estão, estavam e estarão na vida dele , em seu belo cardápio!
É o tipo típico que a faz sentir-se bem com ele e consigo, mas temporariamente ( e somente quando estão à sós). E depois age com a maior naturalidade, como se nada tivesse acontecido.
Definitivamente, este gênero deveria ser extinto!

17 comentários:

sobrefatalismos disse...

Nem fale. Já caí nas garras de predadores de tal feitio.
Obrigada pela visita, Ju. Adorei o teu blog. E voltarei.

Ju Silveira disse...

nao vou postar nao, foi apenas um conto rss
mas que bom que gostou

http://balladofgirl.blogspot.com/

Gabriela Marques disse...

E quem enxergaria os Bons, se todos assim fossem?
Devem existir os maus! Assim sofreremos e aprenderemos o quanto vale um sorriso, um amor correspondido.
É o famoso clichê de que o cara certo sempre para na mulher que não quer nada. Aquela que pisa, aquela que esnoba. Porque todos nós devemos sofrer um pouco. Sofrer faz parte do aprendizado.

Um beijo imenso, Juliana.
Pelo visto, seu rostinho é novo pra mim. Prazer em conhecê-la. Mas se eu estiver enganada e você já ter visitado meu cantinho outras vezes, peço desculpas por esquecer-me de seu rosto, mas por via das dúvidas, ainda insisto que nunca lhe vi por aqui. Por isso, saibas que é bem-vinda sempre em meu cantinho. Adoraria dividi-lo com você, assim como você faz com o seu agora.
Ótimo finzinho de semana a você!
Beijo doce.

Babizinha disse...

Às vezes, a presa até sabe com qual tipo de "predador" está lidando, só não quer enxergar. Sim, tentamos nos enganar e no final, tudo passa e morre. Outros aparecem com disfarces agindo da mesma forma, mas nós esperamos que o certo esteja no meio desses errados para nos tirar dessas armadilhas.

Adorei a subjetividade desse texto!
Beijos, Jujubs.

Lua disse...

Extinção ja pra todos eles!

bom findisemana,
bjos;)

may disse...

Adorei a metáfora! Tornamo-nos presa fácil diante desse gênero que é formado na arte de nos enganar e de nos envolver... esse gênero deveria ser extinto, mas os outros tipos de gênero desse "animal" podem permanecer... desde que não nos trate apenas como uma presa fácil, mas sim como um alimento indispensável para sobreviver!

Milena M. disse...

Ôô, se devia! Esse tipo me dá uma raiva! Acho que todo mundo pelo menos conheceu um tipo assim. Mas também não consigo entender a motivação de ações tão sem sentido assim, sabe?
Obrigada pelo elogio :)
:*

Long Haired Lady disse...

para esse tipo de predador, existe o "pé atrás".

Beatrix disse...

Acho que todas passamos pelas mãos desses calhordas,para que no futuro possamos desfrutar dos reais prazeres de "ganhar" alguem digno,que cuide de nossos arranhões,nos amando e sendo amando da forma com que tanto queremos.

Algumas pessoas não tem sentimento ou tem medo de telos,mas isso não quer dizer todos sejam assim["apenas" grande perte é. =x

bjs e seja sempre bem vida ao http://trakitandasdabeatrix.wordpress.com/

Beatrix

Walk On The Moon disse...

Gostei (:

Fernand's disse...

só há predador porque existe caça...

Long Haired Lady disse...

tem selinho pra você no http://2edoissao5selos.blogspot.com/

beijos!!!

Erica Vittorazzi disse...

Eles sempre vão existir. São as 'presas' que devem ter mais cuidado.


beijos

Adriana Alencar disse...

Gostei da comparação... Mas a caça também tem seus dias, nem todas são vítimas do predador, hehehehe.
Beijo
Adri

Babih Xavier disse...

Tem gente que sente prazer em jogar com a vida dos outros. São seres desprezíveis, de fato.

monica mosqueira disse...

PerfeitO!

Lí quase tudo
mas este foi o que mais gostei.

monica mosqueira disse...

PerfeitO!

Lí quase tudo
mas este foi o que mais gostei.