domingo, 30 de outubro de 2011

Retomada


Provavelmente esta é a segunda vez que tento começar este texto realmente, e a qüinquagésima vez mentalmente...E cá estamos, inspiração ( espero que desta vez, você realmente não escoe por entre meus dedos)!
É incrível o quanto ainda me impressiono com o poder que as palavras exercem sobre mim, com o bem interior que me proporcionam quando as vejo ali num pedaço de papel ou aqui na tela do computador. É como se a minha alma ou sei lá o quê falasse através de mim a mim mesma. Que bizarro esplendoroso!
Venho mudando progressivamente a cada dia, meus pensamentos, minha maneira de ser e até de estar e isso me faz sentir extremamente melhor comigo e com um mundo. Novas descobertas, novos lugares e novas pessoas! Tudo se renovando e ao mesmo tempo me trazendo alguma lembrança de algo do passado.
Que desta vez eu não devaneie com a correria ou qualquer coisa do meu cotidiano e não me afaste daquilo que realmente me faz sentir bem: AS PALAVRAS!

11 comentários:

Ives disse...

As palavras escritas teem realmente este poder Srta, mas pra quem já tem inclinação a poesia! Sabias reflexões, abraços

Babi Farias disse...

"Um bom filho à casa torna."
Faz desse seu canto sua morada e que as palavras sempre venham lhe visitar!

Sumiu, moça... Espero que tudo esteja bem. :)

Beijos, Jujuba.

LuizaM. ! disse...

palavras servem para muuuuuuuitas coisas. Inclusive, quando são bem usadas, para nos inspirar. Adoro sua forma de escrever, Ju.
Agradeço pelos comentários e visitas ao meu blog. Beijos, linda!

http://www.depernasproalto.blogspot.com

Bubu disse...

Sabe, eu sempre achei incrivel o efeito das palavras sobre mim. Mas depois comecei a achar que o efeito das músicas sobre mim era parecido, só que para a minha surpresa percebi que não era: porque a música mexia muito mais comigo, quando eu LIA a letra.

Maísa Guimarães disse...

as vezes as palavras nos supreende ainda mais quando somos nó que escrevemos , adooreei . beijo ;*

Jeniffer Yara disse...

Que você não se afaste MESMO do que te faz bem,e que nesse caso, são as palavras! Sou assim também, me sinto bem com elas e elas conseguem exprimir aquilo que minha boca não consegue.É algo meio mágico,meio lindo >< rs

Beijos

Crista disse...

OBRIGADA por aparecer e me aquecer o coração...
Haviam me avisado que meu blog estava com vírus.
Levei para o técnico e pelo jeito está tudo bem!
Sigo muitos blogs,mas pouquíssimos blogueiros são como tu...
Beijo-te com todo o carinho do mundo,cobrindo-te com muita ternura e gratidão!!!

Crista disse...

Bom dia...
Amada,linda,encantadora,maravilhosa,espetacular,divina,deslumbrante,querida e "estrololosa" amiga blogueira!!!!
Beijos de mim pra tu,minha tatuzinha!!!!

Erica Ferro disse...

Sabe, Ju, às vezes me faço a mesma promessa, a de não me afastar das PALAVRAS. Por que nos afastamos, então? Acho que a correria do dia é a culpada desses nossos afastamentos. E quando não estamos correndo loucamente para realizar nossos afazeres, nossa mente anda a mil e por vezes não conseguimos organizar as ideias e finalmente colocá-las em forma de texto, não é? Acho que é por isso que às vezes me afasto.
Mas olhe, não se afaste muito porque, tal como você diz gostar imensamente dos meus, eu também gosto um bocado dos seus textos.

Um abraço da Erica Ferro.

P.s: Hey! Certa vez você pediu o meu MSN. Você me adicionou? Não lembro de termos conversado uma única vez pelo Messenger. Puxa! :(

Duanny disse...

Depois que se começa, o resto flui

;)

Jade Amorim disse...

Oii floor!

Quanto tempo! Também senti muita falta dos seus escritos, de tudo isso aqui pra ser bem sincera.

Então, esse post tá meio antiguinho mas sei que você volta. Eu sei bem como é se afastar de algo que te faz bem, o mesmo acontece comigo, pode ter certeza.

Talvez exatamente por isso me sinta na liberdade de dizer:

Vooooooolta menina!

Eu voltei, e pra ficar.

Beijos.